Paraty Eco Festival | Exposição

Exposição

Em 2017 o Paraty Eco Festival mantém a  tradição de trazer para o grande público um conjunto de exposições com raízes nos Saberes e Fazeres das Comunidades Tradicionais.

Nesta sétima edição o Paraty Eco Festival presta homenagem aos Povos Originários e apresenta as seguintes exposições:

 

Exposição “Almas Coletivas” -  Curadoria de Nina Taterka

Exposição ” Povos Originários” – Curadoria de Nando Mende

Exposição ” Curumim”  – Fotos de Iberê Perrisé e Nando Mendes

Exposição “Uma história quase invisível”

Abertura dia 19 de outubro – ( Período de 19/10 a 14/11 de 2017)

Local:  Casa de Cultura de Paraty

Sobre a exposição “Almas Coletivas”

Esta exposição tem como curadora Nina Taterka.

Nina Taterka

A arte é a expressão da alma.

Quando falamos da arte de um povo, falamos de “alma coletiva”, do sentimento de pertencimento de um grupo. São muitos fatores que definem uma etnia indígena, sendo a arte apenas uma de suas manifestações.

Neste Eco Festival, para a homenagem aos povos originários, o C.A.N.OA. traz a exposição “Almas Coletivas”, uma pequena amostra da grande riqueza cultural destes povos. Das mais de 300 etnias, elegemos 12 para trazer a você um pouco da diversidade étnica desta terra que hoje chamamos Brasil. Cada um com sua cultura, sua língua, suas particularidades e sua estética. Os objetos feitos carinhosamente à mão, são cheios de significados e representam os saberes milenares destes povos que vivem e resistem para manter suas tradições.

Esperamos que a exposição provoque a inspiração para saber mais, conhecer e proteger estes povos.

Um agradecimento à todos os povos originários do Brasil e do mundo da equipe C.A.N.O.A. – Centro de Artes Indígenas Originários das Américas

Wara Jahuira, Priscila Andrade, Barbara Grayce, Natache Canal, Marcela Barros, Vanessa Corrêa, Vanessa Magalhães, Raissa Gonçalves, Maria Luiza, Eduardo Fraguas, Luan Prado, Andrea Taterka e Nina Taterka

 

Sobre a exposição Povos Originários

Esta exposição tem como curador  Hilnando Mendes

Hilnando_Mendes

Hilnando Mendes é artista visual, fotógrafo e cineasta nascido em Salvador-Bahia, e também o curador das exposições de foto e filme desta edição do Paraty EcoFestival.
Além de desenvolver projetos audiovisuais na área de moda e música, desenvolve o seu trabalho mais autoral com foco voltado às causas dos povos originários do Brasil.
Já dirigiu diversos documentários com temática ambiental e atualmente segue a luta Guarani enquanto produz o seu mais recente projeto onde acompanha a juventude mídia-ativista desta etnia e suas marchas e lutas em busca da demarcação de suas terras.

A exposição Povos Originários compreende  uma seleção de fotos  de lideranças e de comunidades indígenas de diversas etnias. Hilnando acumulou experiência de trablalhar com jovens indígenas em audiovisual,  participação ativa no movimento DEMARCAÇÃO JÁ e de visitação em aldeias. Com esta vivencia Hilnando nos traz tambémum repertório de filmes selecionados especialmente para o festival que ficarão de 19 de outubro a 14 de novembro sendo exibidos na exposição.

Sobre a exposição Curumim

A exposição Curumim surgiu pelo encantamento pelas crianças das aldeias indígenas. Curadoria de Hilnando Mendes, Bernadete Passos e na montagem a artista Patricia Gibrail.

A exposição está composta com fotos dos fotógrafos Iberê Perrisé  e Pedro Kupperman e com textos de mães da aldeia Itaxi.

Fotos das crianças da Aldeia Itaxi

29.05.2014_Saco do Mamanguá_Aldeia de Paraty Mirim_0576-432

Criança da aldeia Itaxi – de Paraty Mirim - Kerexu – Fotógrafo – Iberê Perrissé – ano de 2012

O Instituto Colibri, desde 2011, atua com diferentes atividades na Aldeia Itaxi, da etnia guarani, em Paraty Mirim, e estas atividades foram sempre acompanhadas pelo jovem fotógrafo Iberê Perrissè. Iberê com suas lentes registrou as crianças da Aldeia Itaxi, as quais trazemos para compor a exposição Curumim, juntamente com frases que expressam a forma de sentir e de expressar de mães guarani.

 

Fotos das crianças da aldeia do Acre da etnia Ashaninka

 

 

 

RAÍZES – 2016

A exposição RAÍZES traz o artesanato e a cultura de comunidades tradicionais de Paraty e de outras regiões do Brasil, e também peças produzidas por alunos do Centro de Capacitação Colibri e artesãos convidados. A curadoria é do designer Renato Imbroisi.

Em 2016

TeNet, Navegar e Preciso

TENET 29_30

TENET visita Paraty e traz arte textil  sobre as Festas Populares. Salão Nobre LOCAL: Casa da Cultura de Paraty . Vernissage – dia 20 de outubro às 19h

Coordenadores Juan Ojea, Marta Meyer e Renato Imbroisi

TENET 29.06 (2) (1)

Artistas do TENET

Juan Ojea13876224_1112296045476486_7874433579131005282_n

Juan Ojea

c7ae59_f22ee71ae27940d7adf7fdeecb8a0b44

  Os Mortos e os Livres -  Museu de Arte Moderna – SP

Argentino, Artista Plástico, utiliza a fibra como elemento expressivo desde 1974,mora no Brasil desde 1976. Desenvolve atividade docente na área têxtil.  Tem exposto nos principais museus Brasileiros como MAM, MASP, MARGS.-Foi organizador e júri de seleção e premiação junto com Eva Soban e Norberto Nicola da 3ª Trienal de Tapeçaria no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Foi Diretor do Centro Brasileiro da Tapeçaria Contemporânea. Representante no Brasil da VII Bienal Internacional de Arte Textil- WTA, Montevidéu 2017.

Marta-Meyer

Marta Meyer

Tenet 2013 (1)

Obra de Marta Meyer

Hedva Megged

Fotos das Exposições Raízes de 2012 a 2015

15092012-Paraty - Sábado 15-09-54    Exposição Raízes 2012

26092013- Paraty Eco Fashion - 1 dia0455-278

Exposição Raízes 2013 – Máscaras de Paraty

26092013- Paraty Eco Fashion - 1 dia0455-404

Exposição Raízes 2013 – Mestres das Máscaras – Homenagem in memória ao grande Mestre Natalino

Exposição Alto Mar0017-4

Exposição Raízes 2014 – Sala Mar com artesanato feito em crochê, bordado, tecelagem e patchwork

Exposição Artesanato Caiçara0004-3

Exposição Raízes 2014 – Artesanato Caiçara

Exposição Artesanato Indígena0010

Exposição Artesanato Indígena0018-4

Exposição Raízes 2014- Artesanato Indígena – Aldeia ITaxi

Exposição Raízes - Colibri-63

Exposição Raízes 2015 – Lançamento da coleção de crochê de Monica Ferreira

Exposição Raízes - Colibri-10

Exposição 2015 – Sala o Voo do Colibri. Artesanato feito em crochê, bordado, tecelagem, costura, arte caiçara e tricô

Confira aqui a exposicão de 2014